O que é processo de onboarding? Qual é a sua importância para as equipes?

Mayk | outubro 28, 2022

Imagem artigo

Uma maneira interessante de se pensar sobre o ambiente de trabalho é comparando-o a um ecossistema. Na natureza, esse termo se refere a uma comunidade de organismos e a maneira como eles interagem entre si e com o meio enquanto realizam suas funções.

 

Ecossistemas funcionam por meio do equilíbrio. Cada organismo possui suas próprias tarefas, as quais contribuem para o coletivo e mantêm o sistema funcionando. Se mudarmos a palavra “organismo” por “colaboradores”, essa descrição resume muito bem o ambiente de trabalho.

 

Assim como nos ecossistemas, mudanças em uma organização afetam a maneira como as coisas funcionam. Entre outras coisas, a adição de um novo colaborador causa mudanças nas dinâmicas do trabalho e deve ser um elemento considerado pelos gestores.

 

Esta contextualização reforça a importância de entender o que é processo de onboarding e a necessidade de fazer adaptações para que a entrada do novo funcionário não atrapalhe a organização interna.

 

O tema central deste artigo do Peixe 30 é a adaptação de novos colaboradores, um assunto que gera muitas dúvidas e queremos ajudá-lo. Boa leitura!

Entenda o que é processo de onboarding

Em tradução livre, a palavra em inglês “onboarding” significa “embarcar” ou “a bordo”. Em alguns dicionários é possível até mesmo explicar o termo como “integração”. Todas essas definições são acuradas e nos ajudam a entender o que é onboarding no universo corporativo.

 

Em uma organização, o processo de onboarding se refere às etapas envolvidas na adição de um novo colaborador. Apesar disso, é importante notar que nem toda empresa adota esta prática.

 

Isso acontece porque a aplicação de um processo de onboarding envolve diferentes etapas e uso de técnicas e ferramentas conhecidas por profissionais de Recursos Humanos. Em uma organização bem estruturada, esta medida é usada rotineiramente.

 

Qual é a importância do processo de onboarding?

A existência do onboarding está bastante relacionada com a necessidade de uma integração que não prejudique o trabalho realizado até aquele momento. Trazendo de volta o exemplo do ecossistema, a ideia é não causar uma ruptura no equilíbrio no ambiente.

 

Por conta disso, processos de onboarding fazem parte da gestão estratégica de pessoas e oferecem benefícios tanto para a organização, quanto para o novo colaborador. Uma contratação traz mudanças consideráveis para a vida do profissional, que podem ser mais suaves com uma introdução bem feita.

 

Alguns dos principais benefícios incluem a retenção de talentos e redução do turnover, maior motivação de todos os colaboradores (tanto os que acabaram de chegar quanto os veteranos), melhor integração dos trabalhos e o crescimento da organização.

Como realizar um processo de onboarding?

Ao entender o que é processo de onboarding, é interessante iniciar a sua implementação dentro da empresa. Para isso, é necessário considerar o que a área de Recursos Humanos chama de “4Cs”: a Conexão, a Conformidade, a Cultura e a Clarificação.

 

Por meio do detalhamento das etapas abaixo, cada um desses termos ficará um pouco mais claro.

Antes do início das atividades

O processo de onboarding começa antes mesmo da contratação de um novo funcionário. O recrutamento e a seleção têm papel primordial aqui, preparando candidatos para o que eles podem esperar da organização e dos trabalhos cotidianos, caso sejam contratados.

 

Algumas das principais ferramentas utilizadas nessa etapa do processo de onboarding são kits de boas-vindas, envio de materiais institucionais (de maneira física ou digital) e o convite para que novos colaboradores conheçam o escritório antes do início das atividades.

Nos primeiros dias, semanas e mês

Concluído o recrutamento e iniciado o primeiro dia de trabalho, o processo de onboarding continua! Nessa fase pode-se realizar um tour pelas áreas da empresa, apresentando times e a arquitetura do local. Isso ajuda na climatização dos colaboradores.

 

Também é importante rever as responsabilidades da vaga, alinhar as expectativas (o que já deve ser facilitado na etapa anterior), realizar treinamentos e capacitações e acompanhar de perto a adaptação do novo colaborador. Tudo isso, sempre oferecendo suporte!

Nos primeiros três meses

Essa terceira (e última) etapa do processo de onboarding está muito ligada à garantia da inclusão do novo colaborador no ambiente de trabalho. A ideia é permitir que ele integre a equipe e se sinta parte do todo, deixando para trás a ideia de que é alguém “novo”.

 

Isso pode ser feito de diferentes formas, inclusive em atitudes simples como um convite para almoçar com o restante da equipe. Durante toda etapa, os profissionais do setor de RH deverão oferecer feedbacks e esclarecer quaisquer dúvidas que possam surgir.

Diferenças entre onboarding, offboarding, crossboarding e ongoing

O termo “onboarding” pode algumas vezes vir associado a palavras semelhantes. Algumas delas são: “offboarding”, “crossboarding” e “ongoing”. De maneira geral, cada uma se refere a um processo diferente relacionado à mudanças dentro de uma organização.

 

Offboarding”, por exemplo, é o processo de desligamento de um colaborador. “Crossboarding” está relacionado a uma alteração considerável de funções e tarefas (geralmente a consequência de uma transferência, promoção ou mudança de cargos).

 

Por último, “ongoing” é o processo contínuo da boa relação entre colaboradores e organização. É possível interpretá-lo como uma etapa posterior ao onboarding, garantindo que colaboradores já completamente agregados mantenham-se na equipe.

 

Exigir trabalho duro logo de cara pode parecer a ideia mais simples, mas qualquer profissional de RH poderá dizer que essa é a receita para uma alta taxa de rotatividade. Diante disso, entender o que é processo de onboarding e incorporá-lo dentro da empresa é uma forma efetiva que gera muitos benefícios para todas as partes envolvidas.

 

Os gestores da organização e os profissionais de RH precisam compreender que lidar com pessoas exigirá uma atualização constante dos processos e testes para ver o que funciona melhor dentro da empresa. Aqui no Peixe 30 você encontra histórias de outros profissionais, pode trocar experiências e descobrir novas metodologias que podem potencializar seus resultados.

 

O aplicativo está disponível para usuários IOS e neste link para Android.

 

Após aprender aqui o que é processo de onboarding, compartilhe este conteúdo com os seus colegas!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Você gostou desse artigo?

  • linkedin
  • facebook
  • twitter

ENCONTE O QUE VOCÊ PRECISA

O QUE TEM POR AQUI?

Aqui você encontra artigos sobre recolocação, ascensão e visibilade profissional, estratégias para composição curricular, mudanças na carreira e dicas de aprimoramento pessoal.

ÚLTIMOS ARTIGOS

Dica de roteiro para vídeo currículo

O Peixe 30 surgiu com o objetivo de facilitar a interação profissional em vídeo, uma...

Como fazer a descrição de cargos?

Toda organização é composta de profissionais com atribuições distintas e funções definidas. Empresas só crescem...

Quais são as habilidades interpessoais?

Se você trabalha mesmo que de maneira tangente com processos seletivos, com certeza já se...

Como avaliar um candidato à vaga de emprego?

Somar ao quadro profissional de uma empresa é um dos maiores desafios enfrentados pelos profissionais...

Como ser um bom líder de equipe? Veja dicas valiosas

Mais do que saber como liderar, é preciso administrar conflitos e estimular pessoas a fim...

Como chamar a atenção de um funcionário?

Posições de liderança naturalmente carregam responsabilidades. Saber gerir uma equipe está associado a habilidades interpessoais...

Como criar um anúncio de vaga de emprego?

A busca por bons colaboradores é um dos maiores desafios do setor de Relações Humanas...

ASSUNTOS

TEMAS

O que é Job Hunter? Por que você precisa de um?

O que é Job Hunter Ler mais

Você sabe o que é job hunter? Eles podem te ajudar muito na sua recolocação profissional. Leia esse texto e aprenda tudo sobre eles.

Headhunter ou Recrutador

Headhunter ou recrutador Ler mais

Talvez você já tenha ouvido sobre headhunter ou recrutador. Esse profissional pode trazer muitos benefícios para a sua empresa. Leia tudo sobre eles nesse texto.

Recolocação Profissional: o que é, por que fazer e dicas para conseguir

Recolocação profissional Ler mais

Aprenda tudo sobre recolocação profissional. O que é e como conseguir a sua. Será muito importante para você!