O que é insubordinação no trabalho? Veja como lidar com a situação!

Mayk | julho 05, 2024

Imagem artigo

Assim como qualquer outra atividade que envolve a interação entre pessoas, a rotina organizacional traz consigo alguns problemas. Não é incomum que um bom profissional tenha tropeços que o colocam em direta oposição às lideranças, outros colegas ou o setor de RH.

 

Para lidar melhor com os conflitos, é importante que os líderes entendam o que é insubordinação no trabalho e aprendam a lidar com isso da melhor forma possível.

 

Quando essa situação não é resolvida adequadamente, as coisas podem virar uma bola de neve, o que é negativo para todas as partes envolvidas. O mais indicado é que os profissionais do setor de Recursos Humanos saibam como diminuir os impactos negativos e que orientem os gestores sobre o que fazer.

 

Nesse texto, vamos falar sobre os principais tópicos envolvendo atos de insubordinação, incluindo o que eles são, como podem ser resolvidos de maneira tranquila e quais as consequências que devem ser aplicadas. O objetivo é auxiliar na resolução de conflitos.

 

Lidar com pessoas exige uma constante atualização de processos e este é um dos objetivos do Peixe 30.

 

Reduza mais de 50% do tempo gasto no processo de recrutamento. Conheça o software de ATS criado pelo Peixe 30!

O que é insubordinação, segundo a CLT?

Uma das maneiras mais adequadas de explorar questões relacionadas ao trabalho é observando o que está nas leis. Isso funciona porque, com o devido respaldo legal, empresas e profissionais evitam uma série de problemas que ocorrem em uma situação desagradável.

 

Quando começamos a explicar o que é insubordinação no trabalho, nos deparamos com um problema: a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) lista “insubordinação” e “indisciplina” juntas. Contudo, os dois termos representam atitudes muito distintas.

 

Em escala de gravidade, a indisciplina é considerada menos grave do que a insubordinação.

 

Exemplos de indisciplina incluem:

 

  • atrasos constantes e sem motivos válidos;
  • mau uso de recursos ou ferramentas da empresa;
  • negligência de tarefas;
  • intervalos prolongados.

 

A insubordinação, por outro lado, é caracterizada por atos como:

 

  • abandono de tarefas durante o expediente;
  • descumprimento de prazos pré-determinados;
  • faltas sem justificativa;
  • recusa em seguir instruções de lideranças;
  • desrespeito a gestores e outros colegas de trabalho.

 

Apesar dos dois termos serem claramente distintos, ambos podem resultar em uma demissão por justa causa, já que existem sob um mesmo guarda-chuva perante à CLT. O que os diferencia é algo considerado exclusivamente por gestores e profissionais do setor de RH, reforçando a necessidade de compreender o que é insubordinação no trabalho.

 

Quais são as possíveis punições para insubordinação?

Como mencionamos, tanto a indisciplina quanto a insubordinação podem levar à uma demissão por justa causa. Isso significa que o profissional é dispensado e perde direito a uma série de benefícios, normalmente concedidos após uma demissão.

 

Na prática, a maioria das empresas não demite colaboradores de imediato após um ato de insubordinação, elas prezam por dar feedbacks, avisos e chances de correção. É claro que é preciso considerar a gravidade de cada situação, mas o objetivo maior é sempre manter a boa relação no trabalho.

 

Ao ter em mente o que é insubordinação no trabalho, há medidas que visam pôr fim a isso sem que ocorra demissão como advertência verbal ou por escrito e suspensão. Algumas ações podem incluir:

 

  • políticas de respeito mútuo;
  • treinamentos;
  • comunicação efetiva;
  • advertências;
  • trabalho em equipe;
  • feedback construtivo.

 

As três consequências visam estabelecer limites e deixar claro que o comportamento apresentado pelo profissional não deve ser mantido.

 

Quando o problema continua após medidas dessa natureza, a dispensa por justa causa acaba sendo o caminho inevitável. Isso, porém, requer que a empresa tome atitudes de acordo com as leis trabalhistas, as quais estabelecem prazos e outros elementos específicos.

 

No caso da demissão por justa causa, ela deve ocorrer em, no máximo, 30 dias após o ato – o que torna crucial entender o que é insubordinação no trabalho e quando a ação aconteceu. Esse tempo pode ser usado para investigar a situação.

 

Embora alguns direitos sejam perdidos, o colaborador ainda deve receber o saldo de salário devido e as férias vencidas.

 

É possível prevenir a insubordinação?

Levando em conta que a demissão é o ato mais extremo, fica claro que as empresas fazem de tudo para que a relação possa ser recuperada, desde que o erro cometido seja razoável. Essas atitudes são tomadas em conjunto com os profissionais do RH, que devem ter claro entendimento do que é insubordinação no trabalho.

 

Além disso, existem aquelas medidas prévias, as quais visam não corrigir um ato de insubordinação, mas evitar que eles aconteçam. Elas levam em conta experiências prévias, a cultura da empresa e conhecimentos aprendidos pelos profissionais de RH na formação.

 

Dentre as medidas preventivas está a comunicação aberta entre gestores e colaboradores. Quando problemas são percebidos enquanto ainda são pequenos, é muito mais fácil alinhar as demandas e comportamentos e garantir que a situação não escale.

 

Vale também investir em uma cultura de feedback, definir valores e normas internas de maneira clara e aplicar as punições cabíveis mencionadas no tópico anterior.

 

Durante todos os momentos, é responsabilidade do setor de RH entender o que é insubordinação no trabalho e ouvir o que os profissionais têm a dizer.

 

Tudo isso, é claro, considera atos individuais. Quando o que se observa são comportamentos coletivos, pode estar claro que existem problemas estruturais dentro da organização. É preciso, a partir dessa realidade interna, trabalhar para aparar as arestas.

 

Quando comportamentos insubordinados são eliminados, tanto os colaboradores quanto as lideranças ganham. Um ambiente de trabalho harmonioso é essencial para o crescimento e o sucesso de uma empreitada, independentemente do mercado no qual a empresa atue.

 

Lidar com estes conflitos é uma missão difícil, porém, possível. Aqui no Peixe 30, você pode ver histórias de outros gestores que superaram o problema e encontrar uma solução para o seu caso.

 

Quer ser mais efetivo em seus processos seletivos? Você precisa conhecer o Peixe 30 Recruiter.

 

Com o software de recrutamento e seleção, você reduz o tempo na avaliação de perfis e encurta o caminho para encontrar bons profissionais. Aproveite a tecnologia para filtrar os melhores candidatos.

 

Além de explicar o que é insubordinação no trabalho, veja aqui o que é employer branding.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Você gostou desse artigo?

  • linkedin
  • facebook
  • twitter

ENCONTE O QUE VOCÊ PRECISA

O QUE TEM POR AQUI?

Aqui você encontra artigos sobre recolocação, ascensão e visibilade profissional, estratégias para composição curricular, mudanças na carreira e dicas de aprimoramento pessoal.

ÚLTIMOS ARTIGOS

Como desenvolver a habilidade de resolução de problemas? Supere os desafios!

Ninguém gosta de conflitos, especialmente no trabalho. Apesar disso, é ingenuidade acreditar que o espaço...

Como ser uma pessoa flexível no trabalho? Domine esta habilidade!

“Flexibilidade” é uma habilidade presente em descrições de vagas de emprego. Mas como ser uma...

Como estudar para um processo seletivo? Conquiste os melhores cargos!

Participar de um processo seletivo pode gerar insegurança e ansiedade em muita gente. Mesmo que...

Como colocar pretensão salarial no currículo? Descubra!

Não importa se você está entrando no mercado de trabalho pela primeira vez ou se...

O que é insubordinação no trabalho? Veja como lidar com a situação!

Assim como qualquer outra atividade que envolve a interação entre pessoas, a rotina organizacional traz...

Dinâmicas para fortalecer o trabalho em equipe e melhorar a performance!

Um time engajado é o sonho de todo gestor para alcançar os melhores resultados. Mesmo...

ASSUNTOS

TEMAS

Como se recolocar no mercado de trabalho? Veja dicas efetivas

Como se recolocar no mercado de trabalho Ler mais

Quando falamos sobre a vida profissional, é preciso considerar que não existe um tempo “certo” ou “errado” para absolutamente nada. Desta forma, em diversos momentos da sua jornada, pode ser interessante ter o conhecimento sobre como se recolocar no mercado de trabalho.   Em um mundo em constante evolução, acaba […]

O que é transição de carreira? Descubra por onde começar!

O que é transição de carreira Ler mais

Embora isso não seja frequentemente discutido, a verdade é que muitos profissionais não possuem caminhos lineares. Boa parte das histórias de sucesso lidam com profissionais de uma área que percebem talentos e recebem oportunidades em campos completamente distintos.   A busca pela realização profissional não tem um ponto de partida […]

Como mudar de área profissional? Veja como direcionar a sua carreira!

Como mudar de área profissional Ler mais

Imagine o seguinte trajeto profissional: uma pessoa termina os estudos básicos, ingressa em uma instituição de ensino superior, obtém um diploma e encontra uma vaga na sua área de formação. A partir do trabalho cotidiano contínuo, ela avança e cresce na carreira.   Parece muito simples, certo? O que esse […]