Qual é a diferença entre cultura e clima organizacional?

Mayk | agosto 03, 2022

Imagem artigo

Uma boa sinergia entre os membros de uma equipe é algo difícil de ser encontrado. Quando os colaboradores agem de maneira conjunta e unificada, as chances de sucesso de uma empresa aumentam significativamente. Por isso que os estudos sobre cultura e clima organizacional têm se intensificado nos últimos anos.

 

Com mercados muito concorridos e pouca mão de obra disponível, atrair, formar e reter talentos virou prioridade em empresas de diversos portes. Investir nos recursos humanos é um diferencial competitivo e você deve incorporar essa estratégia dentro da sua organização.

 

Porém, para formar equipes mais competitivas é necessário investir em várias estratégias. Duas delas, sobre as quais vamos falar aqui, são: a cultura e o clima organizacional. Embora representem coisas diferentes, ambas contribuem para um mesmo objetivo.

 

Se você não conhece bem as competências e características individuais do seu time, a nossa sugestão é que faça o Assessment, um teste aqui do Peixe 30 que identifica as principais habilidades e o perfil comportamental de cada indivíduo. Ele é o ponto de partida para os demais pontos que abordaremos neste artigo em que explicaremos a diferença entre cultura e clima organizacional.

 

Leia aqui: O que é gestão de pessoas?

 

O que é cultura organizacional?

A cultura organizacional pode também ser chamada de “cultura empresarial” ou “cultura corporativa”. Embora tenham impactos diferentes, as três palavras têm o mesmo significado.

 

Uma excelente maneira de entender o que é cultura organizacional é pensar no que o termo “cultura” significa. Segundo o dicionário, a palavra pode ser definida, entre outras coisas, por um conjunto de comportamentos, crenças, saberes e hábitos de um grupo.

 

O conceito de cultura organizacional segue a mesma lógica. Ela nada mais é do que os valores e princípios praticados por uma empresa. É ela quem define a maneira como um negócio é conduzido e como ele lida com seus colaboradores e clientes.

 

A cultura organizacional, nesse sentido, serve como uma espécie de “guia” que define estratégias a serem adotadas e praticadas dentro da empresa. Ela deve, necessariamente, refletir os anseios e as personalidades daqueles que fazem parte da equipe.

 

Um exemplo de cultura organizacional pode ser o ato de focar na personalidade dos colaboradores ao invés do seu currículo e experiências prévias, na hora de contratar.

 

O que é clima organizacional?

Da mesma forma como o conceito de cultura pode ser aprendido partindo do significado da palavra que compõe o seu nome, o mesmo vale para o clima organizacional.

 

“Clima” é o conjunto de diferentes fatores atmosféricos, os quais influenciam em seu resultado. Da mesma forma, o clima organizacional é a percepção coletiva que os colaboradores têm de uma empresa, baseada em diferentes elementos.

 

Sentimentos e opiniões (sejam de satisfação ou insatisfação) estão no cerne do conceito. Esses elementos necessariamente irão partir do vínculo existente entre empresa e funcionários, sendo o resultado final a maneira como interagem.

 

Compreender e identificar o clima organizacional de uma empresa requer pesquisa e observação e deve ser estudado com frequência por gestores como um indicativo importante.

 

Embora se trate de uma percepção (ou seja, algo intangível), o clima organizacional afeta as dinâmicas empresariais, resultando em aumento ou diminuição de performance e está diretamente ligado com o quão bem-sucedida uma organização é.

 

Entenda as diferenças entre cultura e clima organizacional

Baseado nos conceitos acima, é possível dizer que a primeira relação entre os dois conceitos é a seguinte: o clima organizacional mede, entre outras coisas, a percepção dos colaboradores em relação à cultura de uma empresa.

 

Já a segunda é a principal diferença entre cultura e clima organizacional: enquanto o clima é algo temporário e que pode (e muitas vezes deve) ser modificado com o tempo, a cultura é mais duradoura.

 

Como gestor, você é capaz de modificar a percepção que os colaboradores têm da empresa (tanto positiva quanto negativamente), mas valores e crenças são elementos muito mais enraizados e que dificilmente irão sofrer mudanças.

 

Isto não quer dizer que a cultura organizacional não pode ser alterada, muito pelo contrário. Assim como nas nossas vidas, elementos que antes eram importantes podem se tornar defasados (e até prejudiciais para o crescimento), de modo que é válido abandoná-los.

 

Apesar disso, enquanto as mudanças de clima costumam ser rápidas, aquelas que envolvem a cultura de uma empresa são necessariamente graduais.

 

Qual é a importância da cultura e do clima organizacional?

Apesar das diferenças entre cultura e clima organizacional, ambos têm papéis fundamentais dentro de uma organização, sendo essenciais para o seu crescimento.

 

O principal papel da cultura organizacional é servir como algo que guie todos os envolvidos de maneira unificada em busca de um só objetivo. Uma empresa que não tem esse elemento bem definido, provavelmente terá metas confusas e contraditórias.

 

Utilizando o exemplo de alguns parágrafos acima, se parte da cultura da sua empresa for priorizar personalidades acima do currículo, você estará enviando a mensagem de que o que importa para o seu negócio são atitudes, acima de conceitos.

 

Já no caso do clima organizacional, ele deve servir como um importante medidor do que está dando certo e deve ser investido e continuado e o que está dando errado e deve ser modificado. A busca final, aqui, é a promoção de um ambiente que potencialize habilidades.

 

Para finalizar, é válido apontar que, embora existam diferenças entre cultura e clima organizacional, eles estão diretamente ligados aos colaboradores. Eles são o motivo desses conceitos serem aplicados e são quem auxiliam para que eles se aperfeiçoem.

 

Se o seu objetivo é formar um quadro de funcionários coeso e entrosado, é essencial compreender bem as similaridades e diferenças entre cultura organizacional e clima de uma organização e, a partir disso, colocar mudanças em prática.

 

Estudar o clima organizacional e promover mudanças é o primeiro passo para você resolver conflitos no ambiente de trabalho. Em seguida, essa medida vai melhorar a performance de todos e é possível descobrir novos talentos. A empresa pode potencializar os seus resultados. Pense nisso!

 

Faça parte da rede social brasileira que mais cresce no mundo. O Peixe 30 é o seu ambiente profissional em que poderá conhecer novas pessoas, trocar experiências, fortalecer seu networking e aprimorar suas características individuais.

 

O aplicativo está disponível para usuários IOS e neste link para Android.

 

Após entender melhor quais são as diferenças entre cultura e clima organizacional, veja nossas recomendações de livros sobre empreendedorismo feminino para inspirar-se!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Você gostou desse artigo?

  • linkedin
  • facebook
  • twitter

ENCONTE O QUE VOCÊ PRECISA

O QUE TEM POR AQUI?

Aqui você encontra artigos sobre recolocação, ascensão e visibilade profissional, estratégias para composição curricular, mudanças na carreira e dicas de aprimoramento pessoal.

ÚLTIMOS ARTIGOS

Como fazer um recrutamento externo e atrair novos talentos? Aprenda!

Quando falamos sobre processos seletivos, existem duas principais formas de realizá-los: utilizando o capital humano...

Como fazer um recrutamento interno? Promova os melhores talentos!

Para os profissionais do setor de Recursos Humanos, processos seletivos são uma parte importante do...

Como entrevistar um candidato à vaga de emprego? Encontre novos talentos

O momento em que o recrutador se encontra pela primeira vez com um talento e...

Como fazer um vídeo de apresentação para emprego? Encante os recrutadores!

Embora os processos seletivos realizados exclusivamente pela internet já existissem há algum tempo, a pandemia...

Como responder perguntas na entrevista de emprego? Consiga a sua contratação!

Um processo seletivo consiste de múltiplas etapas, onde os recrutadores buscam informações sobre os profissionais...

Como pedir feedback de entrevista após rejeição? Veja como se beneficiar!

Ninguém gosta de ser excluído, especialmente durante um processo seletivo. O profissional que está em...

ASSUNTOS

TEMAS

Como se recolocar no mercado de trabalho? Veja dicas efetivas

Como se recolocar no mercado de trabalho Ler mais

Quando falamos sobre a vida profissional, é preciso considerar que não existe um tempo “certo” ou “errado” para absolutamente nada. Desta forma, em diversos momentos da sua jornada, pode ser interessante ter o conhecimento sobre como se recolocar no mercado de trabalho.   Em um mundo em constante evolução, acaba […]

O que é transição de carreira? Descubra por onde começar!

O que é transição de carreira Ler mais

Embora isso não seja frequentemente discutido, a verdade é que muitos profissionais não possuem caminhos lineares. Boa parte das histórias de sucesso lidam com profissionais de uma área que percebem talentos e recebem oportunidades em campos completamente distintos.   A busca pela realização profissional não tem um ponto de partida […]

Como mudar de área profissional? Veja como direcionar a sua carreira!

Como mudar de área profissional Ler mais

Imagine o seguinte trajeto profissional: uma pessoa termina os estudos básicos, ingressa em uma instituição de ensino superior, obtém um diploma e encontra uma vaga na sua área de formação. A partir do trabalho cotidiano contínuo, ela avança e cresce na carreira.   Parece muito simples, certo? O que esse […]