O que não colocar no currículo? Saiba agora para não errar!

Mayk | junho 27, 2023

Imagem artigo

A forma como você se apresenta, inegavelmente, tem suma importância para causar boa impressão na busca por uma vaga de emprego. Por isso, é fundamental saber o que não colocar no currículo, bem como informações cruciais que devem constar nesse documento.

 

Um currículo bem escrito tem papel preponderante para que você se destaque entre os demais candidatos. Ele funciona como um cartão de visita e vai atrair a atenção do empregador.

 

Porém, muita gente ainda “escorrega” sobre os itens a inserir no documento. Por isso, trouxemos algumas dicas sobre o que deve ser evitado no momento de redigi-lo.

 

Ao mesmo tempo, vamos dar algumas orientações simples sobre como escrever um CV realmente “matador”. Leia esse artigo até o final e tire suas dúvidas!

 

Aqui no Peixe 30, ao concluir o seu cadastro gratuito, você tem acesso a uma versão digitalizada do seu curriculum vitae, também conhecido como CV. O aplicativo está disponível para usuários do IOSneste link para Android.

 

Aprenda agora o que não colocar no currículo

A princípio, há uma série de itens não recomendáveis para colocar no currículo. Veja algumas delas abaixo!

 

Excesso de informações pessoais

Com certeza, é preciso inserir informações pessoais mínimas no seu CV (principalmente de contato). Entretanto, há dados irrelevantes para uma proposta de trabalho. Por exemplo, estado civil, idade, religião, orientação sexual ou raça.

 

A propósito, caso alguém deixe de ser contratado por estes fatores, trata-se de discriminação. Portanto, é cabível de denúncia.

 

Pretensão salarial

Esse é o tipo de coisa que você discute na entrevista e entra como um dos itens proibidos quando falamos sobre o que não colocar no currículo.

 

Inclusive, inserir essa informação impede que você negocie uma remuneração mais justa.

 

Interesses não relacionados à vaga

Em alguns modelos de currículo há um espaço para colocar hobbies e interesses pessoais. Porém, a gente precisa ter bom senso e colocar nele aquilo que, de fato, tenha a ver com a vaga. Do contrário, é melhor deixar de fora.

 

Referências pessoais

Sabe aquela chefe com a qual você se dava super bem? Pois é, os dados dela estão entre o que não colocar no currículo.

 

As referências pessoais, como trabalhos anteriores, só devem ser fornecidas mediante solicitação do provável contratante.

 

Informações falsas

Sem dúvidas, não pode mentir ou exagerar nas suas qualificações. Pense que, caso seja contratado ou contratada, você precisará comprovar tudo o que colocou no currículo.

 

Deste modo, o que não for verdadeiro pode prejudicar sua reputação profissional.

 

Informações confidenciais do empregador anterior

Assim como não é necessário informar referências, dados confidenciais do antigo empregador estão entre o que não colocar no currículo. Sobretudo, relacionados a práticas operacionais. Além de antiético, configura uma ação cabível de punições legais.

 

Experiências profissionais irrelevantes

Você tem uma carreira extensa e multiprofissional? Isso é ótimo, pois qualquer experiência é importante. Contudo, o profissional de Recursos Humanos tem pouco tempo para analisar, detalhadamente, cada currículo que chega até suas mãos.

 

Por isso, o ideal é se restringir a experiências profissionais que tenham a ver com o cargo ao qual se candidata.

 

Erros gramaticais ou grafia

Não, não é um pecado mortal escrever errado. Porém, infelizmente, um erro gramatical pode ser visto com maus olhos pelo futuro empregador.

 

Na dúvida, peça para alguém revisar o seu documento antes de enviar.

 

 

Descubra como redigir um bom currículo

Você já sabe o que não colocar no currículo, certo? Que tal agora dar uma olhada sobre como redigir um bom CV?

 

Estruturar um currículo é essencial para ter sucesso na busca por uma vaga de emprego. Como já pontuamos lá no início do artigo, isso te ajuda a se destacar entre outros candidatos e chamar a atenção dos empregadores.

 

Em primeiro lugar, saiba que a primeira impressão é a que fica. Neste caso, ela é dada pelo CV. Logo, tão importante quanto saber o que não colocar no currículo é entender como redigi-lo.

 

Por exemplo, organizá-lo bem em setores, dividindo as informações entre objetivos, experiências pessoais, formação acadêmica e cursos extracurriculares. Em cada um, listar em tópicos e usar linguagem clara para facilitar a leitura.

 

Destaque suas habilidades

O currículo é uma oportunidade para destacar suas habilidades e experiências relevantes. Por isso, ele deve evidenciar as qualificações importantes para a vaga em questão.

 

Demonstre sua personalidade

Embora seja necessário redigi-lo em tom profissional, nada te impede de deixar um traço da sua personalidade no documento.

 

Aproveite para incluir interesses e realizações fora do trabalho. E lembre-se: isso deve ser relevante para a vaga a qual está se candidatando.

 

Em resumo, saber o que não colocar no currículo é importante para que seu documento seja bem escrito, claro e conciso. Ademais, te protege contra situações futuras que possam prejudicar sua reputação profissional.

 

Além disso, redigir um bom currículo é fundamental para chamar a atenção dos empregadores e aumentar suas chances de conseguir a vaga de emprego desejada.

 

O Peixe 30 é o seu ambiente profissional em que poderá conhecer novas pessoas, trocar experiências, fortalecer seu networking e aprimorar as suas características individuais. Cadastre-se, crie seu currículo e faça já o Assessment, um teste que identifica suas principais habilidades.

 

Faça o download do app Peixe 30 na Play Store

Faça o download do app Peixe 30 na App Store

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 4

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Você gostou desse artigo?

  • linkedin
  • facebook
  • twitter

ENCONTE O QUE VOCÊ PRECISA

O QUE TEM POR AQUI?

Aqui você encontra artigos sobre recolocação, ascensão e visibilade profissional, estratégias para composição curricular, mudanças na carreira e dicas de aprimoramento pessoal.

ÚLTIMOS ARTIGOS

Exemplo de texto para envio de currículo por e-mail. Conquiste o recrutador!

Todo processo seletivo começa com uma inscrição, a qual pode ser feita de diferentes formas....

Como se destacar no estágio? Conquiste sua efetivação!

Nos últimos meses de 2023, a taxa de desemprego reduziu no Brasil. Isso é positivo...

Como responder sobre pretensão salarial? Aprenda a calcular

No mercado de trabalho, falar sobre aspectos monetários acaba sendo um tabu. É claro que...

Que roupa usar em uma entrevista de emprego? Veja dicas de como se vestir!

É comum ter dúvidas e insegurança ao buscar a primeira oportunidade profissional ou mesmo uma...

Entrevista técnica: o que é e como conduzi-la? Veja algumas dicas!

Sempre existe mais de uma forma de realizar o mesmo trabalho. Quanto mais experiente for...

O que é entrevista semiestruturada? Aprenda quando usar este modelo!

Quando falamos a respeito das etapas em processos seletivos, existem inúmeras maneiras de conduzir cada...

ASSUNTOS

TEMAS

Como se recolocar no mercado de trabalho? Veja dicas efetivas

Como se recolocar no mercado de trabalho Ler mais

Quando falamos sobre a vida profissional, é preciso considerar que não existe um tempo “certo” ou “errado” para absolutamente nada. Desta forma, em diversos momentos da sua jornada, pode ser interessante ter o conhecimento sobre como se recolocar no mercado de trabalho.   Em um mundo em constante evolução, acaba […]

O que é transição de carreira? Descubra por onde começar!

O que é transição de carreira Ler mais

Embora isso não seja frequentemente discutido, a verdade é que muitos profissionais não possuem caminhos lineares. Boa parte das histórias de sucesso lidam com profissionais de uma área que percebem talentos e recebem oportunidades em campos completamente distintos.   A busca pela realização profissional não tem um ponto de partida […]

Como mudar de área profissional? Veja como direcionar a sua carreira!

Como mudar de área profissional Ler mais

Imagine o seguinte trajeto profissional: uma pessoa termina os estudos básicos, ingressa em uma instituição de ensino superior, obtém um diploma e encontra uma vaga na sua área de formação. A partir do trabalho cotidiano contínuo, ela avança e cresce na carreira.   Parece muito simples, certo? O que esse […]