O que pode reprovar no exame admissional? Entenda os critérios

Mayk | setembro 29, 2023

Imagem artigo

Quando chega o momento de contratar um novo profissional, muitas dúvidas podem surgir. Inclusive, saber o que pode reprovar no exame admissional é uma delas. Por isso, vamos falar sobre o tema neste texto.

 

A Consolidação das Leis do Trabalho (mais conhecida pela sigla “CLT”) trata de um conjunto de normas estabelecidas com o objetivo de garantir direitos aos trabalhadores brasileiros. Criada em 1943, pelo então presidente Getúlio Vargas, ela sofreu modificações posteriores.

 

Dentre as determinações da CLT estão as etapas obrigatórias para a contratação de colaboradores em uma organização. Uma delas se refere aos exames admissionais e o seu papel na garantia da saúde dos trabalhadores do país.

 

Nesse texto, vamos abordar o que é, quais são as suas regras e etapas e explicar diferentes conceitos associados. Teremos um foco especial nas situações e condições de saúde (físicas e psicológicas) que podem levar à reprovação de um candidato. Leia com atenção!

 

Você está no Peixe 30, somos uma rede social profissional que promove debates entre empresários, parcerias e ajuda a divulgar novos empreendedores. Se você ainda não faz parte deste ambiente colaborativo, não perca mais tempo. Cadastre-se já!

 

Reduza mais de 50% do tempo gasto no processo de recrutamento. Conheça o software de ATS criado pelo Peixe 30!

 

O que é o exame admissional?

Ele é uma das últimas etapas antes da contratação de um novo colaborador. Esta fase é obrigatória e acontece após o profissional ser aprovado para assumir uma determinada função em uma empresa, sob o regime da Consolidação das Leis do Trabalho.

 

Antes de falarmos o que pode reprovar no exame admissional, você deve entender que ele é realizado por um médico e por demais profissionais da área da saúde. O objetivo aqui é analisar a saúde geral do profissional, a fim de avaliar se este está apto (ou não) para um trabalho, independentemente da área e da função exercida.

 

Esta etapa de um processo seletivo serve para dar garantias e segurança para o profissional e para a empresa. O exame considera as condições de saúde prévias e/ou que podem ser agravadas com a realização de um trabalho específico. Naturalmente, existe a chance de reprovação.

 

O que pode reprovar no exame admissional? Tire suas dúvidas!

Compreendido o que é o exame, é interessante falarmos sobre outros aspectos relacionados. Afinal de contas, quando um candidato é considerado inapto nessa etapa? Abaixo, explicamos alguns pontos e dúvidas importantes sobre esse tema.

 

1 – O exame admissional não é mera formalidade

Embora algumas pessoas tratem esse procedimento como uma formalidade, essa não é a verdade. Essa etapa do processo é obrigatória para contratações pelo regime CLT e deve ser levada muito a sério.

 

Logo, é importante saber o que pode reprovar no exame admissional, mesmo que isso seja algo pouco frequente. A avaliação também é exigida quando o colaborador é desligado, nesse caso, chama-se de exame demissional.

 

 

2 – A reprovação depende da função

Uma mesma condição de saúde pode gerar dois resultados diferentes em um exame, dependendo da função a ser exercida. Uma atividade que requer grande esforço físico, por exemplo, pode reprovar um candidato que passaria se a vaga fosse um trabalho sem este tipo de exigência.

 

3 – A complexidade depende do cargo

Da mesma forma como diferentes condições podem levar a resultados distintos dependendo da vaga em questão, a complexidade dos exames também varia de acordo com o cargo.

 

Para que entenda o que pode reprovar no exame admissional, saiba que quanto mais o trabalho exigir esforços físicos e psicológicos, mais complexa será a avaliação. As etapas básicas estão presentes em todos os testes, mas alguns elementos podem ser desnecessários.

 

O que define quais exames serão realizados (e, por consequência, quais poderão reprovar) é a descrição da vaga e os profissionais que os realizam.

 

4 – Pessoas com deficiências não são automaticamente reprovadas

Quando falamos sobre o que pode reprovar no exame admissional, é preciso ressaltar que pessoas com deficiência (PcD) podem estar perfeitamente aptas. Comorbidades relacionadas a uma determinada área devem ser analisadas, mas a condição em si não deve reprovar o candidato.

 

5 – Algumas condições podem causar a reprovação

Como mencionamos antes, as condições e doenças que delimitam o que pode reprovar no exame admissional dependem de cada vaga. Mesmo assim, existem algumas que impossibilitam a realização de quase qualquer trabalho remunerado, considerando as consequências para a saúde do profissional.

 

Se a vaga for para o cargo de motorista, por exemplo, uma visão prejudicada é motivo de reprovação. A hipertensão arterial também traz algumas limitações, especialmente em cargos que exigem esforços físicos ou que podem causar situações de estresse para o profissional.

 

6 – Existem condições que não causam a reprovação

As leis do trabalho definem que duas situações não podem ser motivo para reprovação: o status positivo para HIV e a gravidez. O motivo para essa regra é a diminuição da discriminação, a qual não possui base na capacidade do profissional em realizar uma atividade.

 

7 – Feito por etapas

O exame admissional não é uma consulta clínica, e isso deve ser reforçado para o profissional que está passando por ele. Apesar disso, esta etapa possui alguns elementos comuns das consultas, como a anamnese, a avaliação física e psicológica e avaliações complementares.

 

Naturalmente, o tempo para a aprovação ou reprovação dependerá do resultado dos exames realizados e da avaliação do profissional que conduziu o estudo. Em todos os casos, o candidato reprovado tem a possibilidade de recorrer na justiça, caso discorde da informação.

 

Este conteúdo, em que explicamos o que pode reprovar no exame admissional, faz parte de uma série de materiais que produzimos para apoiar os profissionais nos processos seletivos.

 

Queremos convidá-lo a conhecer Peixe 30 Recruiter, software de recrutamento e seleção em que você encontra os candidatos ideais rapidamente. Experimente!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 1 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Você gostou desse artigo?

  • linkedin
  • facebook
  • twitter

ENCONTE O QUE VOCÊ PRECISA

O QUE TEM POR AQUI?

Aqui você encontra artigos sobre recolocação, ascensão e visibilade profissional, estratégias para composição curricular, mudanças na carreira e dicas de aprimoramento pessoal.

ÚLTIMOS ARTIGOS

Como desenvolver a habilidade de resolução de problemas? Supere os desafios!

Ninguém gosta de conflitos, especialmente no trabalho. Apesar disso, é ingenuidade acreditar que o espaço...

Como ser uma pessoa flexível no trabalho? Domine esta habilidade!

“Flexibilidade” é uma habilidade presente em descrições de vagas de emprego. Mas como ser uma...

Como estudar para um processo seletivo? Conquiste os melhores cargos!

Participar de um processo seletivo pode gerar insegurança e ansiedade em muita gente. Mesmo que...

Como colocar pretensão salarial no currículo? Descubra!

Não importa se você está entrando no mercado de trabalho pela primeira vez ou se...

O que é insubordinação no trabalho? Veja como lidar com a situação!

Assim como qualquer outra atividade que envolve a interação entre pessoas, a rotina organizacional traz...

Dinâmicas para fortalecer o trabalho em equipe e melhorar a performance!

Um time engajado é o sonho de todo gestor para alcançar os melhores resultados. Mesmo...

ASSUNTOS

TEMAS

Como se recolocar no mercado de trabalho? Veja dicas efetivas

Como se recolocar no mercado de trabalho Ler mais

Quando falamos sobre a vida profissional, é preciso considerar que não existe um tempo “certo” ou “errado” para absolutamente nada. Desta forma, em diversos momentos da sua jornada, pode ser interessante ter o conhecimento sobre como se recolocar no mercado de trabalho.   Em um mundo em constante evolução, acaba […]

O que é transição de carreira? Descubra por onde começar!

O que é transição de carreira Ler mais

Embora isso não seja frequentemente discutido, a verdade é que muitos profissionais não possuem caminhos lineares. Boa parte das histórias de sucesso lidam com profissionais de uma área que percebem talentos e recebem oportunidades em campos completamente distintos.   A busca pela realização profissional não tem um ponto de partida […]

Como mudar de área profissional? Veja como direcionar a sua carreira!

Como mudar de área profissional Ler mais

Imagine o seguinte trajeto profissional: uma pessoa termina os estudos básicos, ingressa em uma instituição de ensino superior, obtém um diploma e encontra uma vaga na sua área de formação. A partir do trabalho cotidiano contínuo, ela avança e cresce na carreira.   Parece muito simples, certo? O que esse […]